O que é Imperialismo e Neocolonialismo?

0
24

O imperialismo ou neocolonialismo foi um movimento que ocorreu no século XIX, onde as nações industrializadas visavam o domínio, conquista e exploração econômica, principalmente do continente Africano e Asiático.

Inglaterra, Bélgica, Holanda, França e Alemanha foram os países que iniciaram esse processo, porém, no decorrer do século XX, Japão e Estados Unidos começaram um crescimento industrial meteórico que os levou ao mesmo patamar que as potências já consolidadas.

Ásia e África já sofriam com o processo de partilha realizado pelos Europeus quando os Estados Unidos, coloca a América como outro continente a ser explorado e a sofrer com a sua influência imperialista.

Imperialismo e Neocolonialismo

O objetivo do imperialismo era conquistar territórios, disputa essa que envolveu países com intenções conflitantes, gerando assim uma série de confrontos políticos, econômicos e militares.

O imperialismo foi um conjunto de intervenções geopolíticas, caracterizadas por ações de poder em determinadas áreas geográficas pelas potências industriais. A dominação se dava através de intervenções na área política, econômica e cultural da região.

Além de conquistar as regiões, o processo de exploração fazia com que as potências pudessem garantir territórios estratégicos com bastante matéria-prima, recursos naturais, mão de obra e consumidores, sustentando assim seu crescimento e riqueza.

Diferença entre o Colonialismo Clássico e o Neocolonialismo

O colonialismo tradicional nasce no século XVI ao século XVIII no momento em que as principais nações buscavam expandir o comércio através das Grandes Navegações europeias.

Ela nasceu juntamente com a integração dos continentes através da exploração dos oceanos. A dominação ocorreu através da conquista territorial fora do continente europeu.

A conquista da América foi uma das principais conquistas territoriais. O continente foi intensamente explorado por portugueses, espanhóis, ingleses, franceses e holandeses.

A dominação territorial se deu através de alianças de povos indígenas, guerras e introdução de elementos culturais, principalmente com a imposição da religião católica e de diferentes línguas. O objetivo dessa conquista era obter as especiarias e metais preciosos, principalmente ouro e prata.

O Imperialismo ou Neocolonialismo teve seu início no século XIX, em um momento em que os principais países passavam pela segunda fase da revolução industrial entre 1860 e 1945.

A dominação europeia se deu principalmente através do uso da superioridade militar e os objetivos eram a obtenção de matéria-prima, mercado consumidor e área para o excedente de capital e populacional para sustentar o poderio e o crescimento industrial.

Ao contrário do colonialismo clássico, a intervenção do Estado é menor pois o liberalismo econômico tem essa característica. As principais áreas de ocorrência da dominação foram os continentes asiático e africano.

Alguns ideólogos sustentavam que o neocolonialismo era um movimento importante, pois levava um pouco de civilidade, novas concepções econômicas e culturais para nações que eram tidas como atrasadas e até mesmo selvagens.

Essa concepção racista e xenofóbica, prevaleceu durante muitos anos, graças a disseminação dessas ideias.

Outro conceito que traziam era o de darwinismo social, uma interpretação equivocada da teoria de Darwin onde os países mais fortes deveriam exercer o seu domínio graças ao processo de seleção natural.

Muitos conflitos entre povos dominados e nações imperialistas provocaram uma corrida armamentista entre as potências mundiais. Em Cuba, por exemplo, a dominação Espanhola foi atacada por tropas Americanas.

Com a derrota, espanhóis foram obrigados a se retirar do país. Anos mais tarde o mesmo aconteceu com o território Filipino.

No século XX as colônias se tornaram independentes, porém os conflitos étnicos e as dificuldades econômicas e políticas herdadas somam imensas crises ao redor do mundo, incluindo nesse contexto a primeira e a segunda guerra mundial.

Até hoje nações sofrem devido as consequências desastrosas dessa divisão territorial que desprezou as diferenças políticas, econômicas e principalmente culturais desses povos.

Referências

  1. O neocolonialismo. Disponível em: historianet.com.br. Acesso em: 27 dez. 2017.
  2. Wikipédia. Imperialismo. Disponível em: pt.wikipedia.org. Acesso em: 27 dez. 2017.
  3. Wikipédia. Neocolonialismo. Disponível em: pt.wikipedia.org. Acesso em: 27 dez. 2017.

LEAVE A REPLY