Como o Sociólogo Alemão Max Weber Define Ação Social?

0
37

O sociólogo alemão max weber define ação social como dotada de sentido e orientada por outro individuo. Para Max Weber ação social é qualquer ação realizada por um sujeito em um meio social que, no entanto, possui um sentido determinado por seu autor.

Weber acredita na sociologia como uma ciência capaz de compreender e interpretar a ação social. Weber (1864-1920) foi um sociólogo alemão que acreditava que a função do sociólogo é compreender o sentido das ações sociais. Ações sociais são ações em que o sentido indicado de um sujeito se refere a conduta de outro.

Nesse período, houve uma grande ruptura do pensamento sociológico, principalmente entre Max Weber e Durkheim. Durkheim afirmava que o olhar do cientista social deve ser imparcial, não deve ser influenciado pelo mundo a sua volta, enquanto Weber afirma que é impossível observar a sociedade do ponto de vista da objetividade.

Teorias de Weber

Uma das principais características da teoria de Weber é a objetividade possível. Dentro desse conceito, a objetividade no campo das pesquisas é tentada, porém não há garantias de que os resultados sejam sempre imparciais.

A análise sociológica para ele é uma análise que não alcança a neutralidade. O sociólogo deve se perceber como uma pessoa que vive em uma sociedade, é um sujeito histórico e é influenciado por ela, por esse motivo não há imparcialidade.

Ele critica o positivismo, a ideia do progresso irrefreável e o evolucionismo, ou seja, ele tem o discurso oposto a Durkheim e Comte.

Weber trouxe o termo sociologia compreensiva, que tenta entender como as relações, as inter-relações e como a vivência em sociedade acontece.

É uma forma de identificar como a sociedade funciona. Para Weber a sociedade é um feixe inesgotável de fatos sociais. Enquanto Durkheim tentava delimitar, Weber ampliou as possibilidades de estudo sociológico.

Ação Social

Para Weber a ação social parte de um indivíduo para outro indivíduo. A partir daí ele desenvolve o conceito de relações sociais. Essas são práticas que são mutuamente aceitas em determinado grupo.

A sociedade é formada por seres sociais que partem da prerrogativa que são aceitas, não existe como analisar fielmente o que acontece na sociedade. Para Weber era necessário criar conceitos ideais para analisar o que acontece objetivamente na sociedade.

A ação social é uma ação pautada na perspectiva do outro, onde existe a predominância do caráter subjetivo. Uma pesquisa guiada por esse conceito, leva em consideração que as pessoas são atuantes e que as inter-relações e a psiquê devem estar envolvidas.

Weber defende que a sociedade não é reificadora, ele criticou a rigidez da análise, sempre acreditando na fluidez e na consideração de vários aspectos. Weber dizia que a significação cultural diz respeito a análise da sociedade com as suas particularidades e a cultura deve ser avaliada sobre seus aspectos materiais e imateriais.

Weber apresenta quatro tipos puros de ação: ações racionais com relação a valores, ações racionais com relação a fins, ações afetivas e ações tradicionais.

Ações Racionais com Relação a Valores: é quando as ações são tomadas de acordo com valores individuais, porém sem ponderar sobre as consequências ou os meios escolhidos para chegar a eles.

Ações Racionais com Relação a Fins: é quando as ações são tomadas após a avaliação do fim em relação a outros fins, entre outras consequências e formas de atingi-lo.

Ações afetivas: são aquelas ações relacionadas ao afeto, que expressam um sentimento.

Ações Tradicionais: são ações relacionadas às tradições e modos de vida de cada um.

Para Weber a racionalidade da ação está intimamente ligada aos interesses pessoais e valores. Weber foi importante para essa nova fase da sociologia, onde o homem passa a ser objeto de estudo, levando em consideração aspectos subjetivos que fazem parte da sua natureza.

O pesquisador, inserido no mesmo contexto que seu objeto de estudo, tem uma missão difícil ao tentar manter a objetividade na sua análise.

Referências

  1. Brasil Escola. A definição de ação social de Max weber. Disponível em: brasilescola.uol.com.br. Acesso em: 06 jan. 2018.
  2. Brasil Escola. Introdução à teoria de max weber. Disponível em: brasilescola.uol.com.br. Acesso em: 06 jan. 2018.
  3. Toda Matéria. Ação social. Disponível em: todamateria.com.br. Acesso em: 06 jan. 2018.
  4. Wikipédia. Ação social. Disponível em: pt.wikipedia.org. Acesso em: 06 jan. 2018.
  5. Wikipédia. Max weber. Disponível em: pt.wikipedia.org. Acesso em: 06 jan. 2018.

LEAVE A REPLY